São João do Sóter - Infidelidade partidária deixa fora da eleição 4 vereadores de mandato

Dr. Tairo Rocha e Dr. Jamis Moura – pré-candidatos recebem apoio da direção estadual do PV para o partido compor sua base de apoio em São João do Sóter. A eleição municipal de São João do Sóter promete ser das mais quentes neste ano. Nos bastidores as movimentações políticas são intensas e um fato tem chamado a atenção nos últimos dias, o de que quatro vereadores de mandato de um partido podem ficar sem legenda para disputar o pleito deste ano. O partido em questão é o Partido Verde onde a direção estadual recomendou a sigla no município para que marchasse com as oposições a atual prefeita Josa Silva, mas a legenda local não teria obedecido a recomendação. Resultado: A direção estadual interveio e colocou o partido para ficar na base de apoio do pré-candidato a prefeito, o médico Dr. Tairo Rocha. Nos bastidores políticos de São João do Soter as informações que circulam são de que a prefeita Josa Silva teria convencido os 11 pré-candidatos a vereador do PV , não se sabe como, a ficarem na sua base de apoio e agora eles podem ficar sem legenda para disputar as eleições. O caso está na justiça e a comarca de São João do Sóter decidiu que o PV deve ficar mesmo com Dr. Tairo, anulando a ata que havia sido feita para a sigla ficar com a prefeita Josa. Depois de perderem em decisão de primeiro grau, em publicação oficial desta terça-feira(29/09), o desembargador Raimundo Nonato Magalhães Melo ,negou o agravo de instrumento patrocinado pelos 4 vereadores de mandato e outros ex-pré-candidatos a vereadores, tentando validar a ata do PV- Partido Verde de São João do Sóter. Com mais esta derrota, o Tribunal de Justiça do Maranhão deverá confirmar a decisão de primeiro grau, que anulou a referida ata e assim o PV confirmar apoio irrestrito ao candidato a prefeito Dr. Tairo Rocha e o vice-prefeito o Dr. Jamis Moura. Fonte: Elias Lacerda

Postar um comentário

0 Comentários