FELIZ 2020 – Milhares de caxienses e visitantes lotam a Praça do Pantheon no Révillon da Paz


Caxienses e visitantes chegaram cedo para acompanhar as atrações do Réveillon da Paz em Caxias. Por volta das 21h desta terça-feira (31), o público já se aproximava do palco principal do Natal Iluminado na Praça do Pantheon.
O cantor caxiense Rafael Barone aproveitou a janela de oportunidades e abriu os trabalhos cantando os sucessos da atualidade.
“Eu fico lisonjeado em ser convidado pelo prefeito Fábio Gentil para abrir esta festa. Quero desejar aos caxienses um feliz 2020”, disse o cantor.
Logo depois, por volta das 23h, o secretário adjunto do Turismo, Fernando Santos, subiu ao palco para informar o resultado da casa mais iluminada de Caxias. As três casas mais votadas pelo público no site da prefeitura foram: em 1º lugar – Maria Concita Soares / Rua das Lages, bairro Cangalheiro, que teve 3.525 votos (49%); em 2° lugar, a casa de Jofran Rodrigues Alves Costa / Avenida Independência, bairro Ponte, que teve 3.316 votos (46,2%); e em 3° lugar, a casa de Miriam Sousa da Luz / Rua Arari, bairro Vila Lobão, que obteve 90 votos (1,3%).
“Pelo terceiro ano o Natal Iluminado deixou Caxias cheia de turistas e conhecida nacionalmente e, agora, mais bonita ainda com todo mundo envolvido, deixando a casa mais bonita, mais criativa. Em todos os bairros da cidade, as pessoas deixaram suas casas mais bonitas”, frisa Fernando Santos.
Antes da meia-noite, o fenômeno da “Caneta Azul”, Manoel Gomes, subiu ao palco para cantar as músicas que já caíram no gosto popular: “Caneta Azul” e “Deixar de Ser Besta”, além de outras composições autorais. O público aplaudiu e valorizou a humildade e a disponibilidade do artista, que saiu de Balsas e está alegrando os brasileiros com sua música simples, mas que caiu na graça do público, viralizando em todas as plataformas e agora também nos palcos.
“As músicas que eu fazia as pessoas já gostavam, eu já tinha minhas músicas e antes da Caneta Azul as pessoas já escutavam minhas músicas. Eu fui bem recebido em Caxias, o pessoal tirou bastante foto. É uma cidade muito bonita. Que em 2020 eu faça mais sucesso, que eu tenho muita música pra mostrar”, disse Manoel Gomes.
À meia-noite, o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, falou aos caxienses lembrando que sempre está presente e ao lado do povo nos momentos mais importantes da cidade. O prefeito estava ao lado do deputado estadual Zé Gentil.
“Que o povo de Caxias tenha certeza de que o nosso compromisso de melhorar e mudar a cidade é muito maior em 2020. O nosso trabalho não para por aqui, ele é eterno, enquanto dure a vontade do povo. Nossa vontade de propagar o município de Caxias no Maranhão, no Nordeste e no Brasil é o compromisso nosso, gerar emprego e renda, saúde, educação e muitas outras áreas. Parabéns, Caxias! Feliz 2020 e sucesso a todos!”, disse Fábio Gentil.
Em seguida, a banda Calcinha Preta fez o seu primeiro show em Caxias após o retorno da composição original com Silvânia Aquino, Paulinha Abelha, Daniel Diau e Bell Oliver. Eles falaram sobre a importância de voltar a Caxias para cantar ao público que também estava querendo o contato com a banda.
“O público queria isso. O público tinha esse desejo que a banda retornasse e Deus atendeu. Feliz 2020, Caxias! Quero parabenizar a Prefeitura de Caxias pela ornamentação das ruas, tá lindo o Natal Iluminado”, disse Paulinha.
“Era o que todos queriam, os fãs queriam o retorno da banda e nós estamos em casa. O prefeito Fábio Gentil gosta muito da banda. Quero desejar um feliz 2020 e que o prefeito nos traga novamente à cidade”, afirmou a cantora Silvânia.
“Pra mim é gratificante estar aqui, quero agradecer a toda a galera que curte o nosso trabalho, e fico feliz em saber que as pessoas queriam a essência da banda, que é essas caras aqui”, disse Daniel Diau.
“Tinha sempre aquela cobrança, todo mundo saiu e eu fiquei só na banda, e continuamos a história, foram três anos sem essa formação. Mas agora, graças a Deus, a gente fez a formação que os fãs tanto esperavam. Quero desejar um feliz 2020”, disse Bell Oliver.
A última banda a subir ao palco foi Brasas do Forró, a “máquina quente do sucesso”, como é costumeiramente chamada. Os vocalistas colocaram todos para dançar, anunciando a chegada de 2020 com muita animação e com a marca da banda, que é o forró acelerado.
“Nós trazemos um repertório misturado, temos as antigas e as novas. Brasas do Forró é isso, está há 30 anos no mercado e com vários sucessos. Quero desejar um feliz 2020 a todos os caxienses. 2019 foi bom e 2020 vai ser melhor ainda”, deseja José Airton, cantor.
“Já estou há 4 anos no Brasas do Forró e já vim outras vezes a Caxias. Estou muito feliz em participar do Réveillon com vocês. Nosso repertório é bem eclético, mas em 2020 estamos trabalhando para fazer um CD novo e CD de verão. E daqui a pouco, se Deus quiser, o nosso trabalho vai estar em todas as plataformas digitais. Obrigado, Caxias”, disse o cantor Wesley Ribeiro.

Fonte: Ascom Cx

Postar um comentário

0 Comentários