CELEBRAÇÃO - Othelino Neto participa do tradicional Festejo do Divino Espírito Santo em Matões

Ex-Deputado e Diretor Institucional da ALEMA Rubens Pereira, Presidente da Assembleia Legislativa Othelino Neto e Sec das Cidades do Estado Rubens Jr. 


A celebração do Divino Espírito Santo em Matões é realizada há mais de 200 anos. Dizem que os portugueses foram quem trouxeram a tradição para a comunidade rural da região. A festa é uma celebração da religiosidade popular.

“Muito bom participar da Festa do Divino em Matões. Assisti a toda a missa e fiz uma das leituras. Uma satisfação ver esse momento de grande expressão da fé, que renova não só o nosso espírito, mas a confiança em um mundo de paz para todos nós”, declarou Othelino Neto.

“A Festa do Divino Espírito Santo em Matões é uma das festas mais bonitas do Maranhão. E nos sentimos honrados com a presença do nosso presidente Othelino Neto, que está aqui prestigiando e conhecendo a Festa do Divino Espírito Santo e reconhecendo que é uma das maiores festas do estado do Maranhão. Então, isso nos enche de orgulho, prazer e satisfação de ter a presença de tantas pessoas ilustres do Maranhão inteiro”, afirmou o ex-deputado e ex-prefeito de Matões, Rubens Pereira.



O deputado federal licenciado e atual secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Júnior, também ressaltou que o festejo é uma das maiores festas católicas do estado do Maranhão e uma grande festa cultural. “Nós recebemos muitos visitantes e, hoje, recebemos o presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto. Momento de renovar a nossa fé, encontrar muitos amigos e, portanto, é um dia de muita alegria”.

Muito semelhante ao Festejo do Divino Espírito Santo de Alcântara, onde ambos celebram a terceira pessoa da Santíssima Trindade, no festejo em Matões as Caixeiras do Divino dão lugar aos Foliões, que são homens simples, muitos deles analfabetos, mas que pregam o Evangelho durante todo o ano nas comunidades rurais. Eles só vêm para a cidade na época do festejo.



“É extraordinária a fé do povo. É uma fé simples, uma fé popular, a chamada religiosidade popular, mas de suma importância para a Igreja e para a evangelização. Então, nós nos servimos desses homens simples para evangelizar”, destacou o padre Maurício Carvalho, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição e do Divino Espírito Santo.

“Eu vi aqui uma fé que me encanta. A população toda orando, crendo, rezando e desejando o bem para si e para os outros”, declarou a deputada Cleide Coutinho (PDT), que também participou do festejo.

Ascom

Postar um comentário

0 Comentários