ABUSO SEXUAL - Vítima descobre estupro coletivo após vídeos vazarem na internet


    Reprodução / TV Globo
O caso estupro coletivo contra uma jovem de 22 anos ocorrido em 13 de julho está sendo investigado pela Polícia Civil de Cordeiro, região Serrana do Rio. As imagens do abuso cometido por três homens foram divulgadas na internet. Com informações do G1.
A advogada da vítima, Valéria Melo, disse que a jovem afirma que estava inconsciente e ficou sabendo que tinha sido violentada após ver o vídeo viralizar, no sábado (20/07).
A vítima conversou com a reportagem e revelou que não se lembra de nada, estava inconsciente na noite do ocorrido. 
A advogada disse e a vítima estava em uma festa na cidade de Cantagalo conversando com um amigo e chegou a tomar uma bebida dele. Depois disso, afirmou que se sentiu mal e aceitou carona para ir embora.
Segundo informações, ela lembra de ter acordado em casa e não se recorda do que aconteceu depois que saiu da festa.
A vítima soube que as imagens estavam circulando porque uma amiga a avisou e mostrou o vídeo.
A jovem procurou a 154ª Delegacia de Polícia (DP), em Cordeiro, e registrou a ocorrência.
Após ir até à delegacia, a jovem foi encaminhada para o Hospital Raul Sertã, em Nova Friburgo, onde tomou os antivirais, segundo a advogada.
A Polícia Civil informou que diligências estão em andamento para apuração do fato. Os homens que aparecem nas imagens ainda serão ouvidos pela polícia.
180 Graus

Postar um comentário

0 Comentários