Rafael Henzel, jornalista sobrevivente do voo da Chapecoense, morre aos 45 anos

Ele foi levado ao Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, mas não resistiu. 

O jornalista Rafael Henzel, de 45 anos, que foi um dos sobreviventes da tragédia com o voo da delegação da Chapecoense, faleceu na noite desta terça-feira, vítima de infarto.
Segundo as primeiras informações, ele estava jogando futebol com os amigos, quando teve o infarto. Ele foi levado ao Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, mas não resistiu.
Atualmente, ele trabalhava na Rádio Oeste Capital de Chapecó. Rafael Henzel lançou em 2017 o livro “Viva Como se Estivesse de Partida”. A Associação de Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro (Acerj) tinha concedido a ele o título de sócio honorário, quando escreveu o livro sobre a tragédia da Chape.

Fox


Postar um comentário

0 Comentários