REPERCUSSÃO ESTADUAL: Escola improvisa salas de aula em salão de festas em Caxias, no MA

Medida foi tomada até que reforma da escola municipal seja feita.
Teto da escola está abandonada pelo poder público desde 2012. 

Do G1 MA com informações da TV Mirante
Sem espaço para receber alunos, uma escola do interior do Maranhão transformou em sala de aula o salão de festas da sede de Associação de Moradores. A escola municipal do Povoado Morro do Agudo, em Caxias (MA), na região leste do estado, está desativada há três anos.

No prédio que deveria receber todos os estudantes do ensino fundamental do povoado, apenas o abandono predomina. Paredes rachadas, traves de sustentação do telhado enfraquecidas pela ação do tempo, piso quebrado e sem sistema elétrico e hidráulico funcionando.

O risco de desabamento da escola fez com que pais de alunos e a professora Maria Carmem tomassem uma decisão para que as crianças não perdessem aulas: levar as salas de aula para o salão de festas da Associação de Moradores da comunidade.

“O problema é antigo. Tem vários anos e nunca resolveram. Quando lecionava todo ano pedia a reforma da escola. Meu prazer era deixar tudo arrumadinho, mas não consegui”, afirmou a educadora que se aposentou em 2012.
Alunos deixaram escola por risco de desabamento do prédio (Foto: Reprodução/TV Mirante)Alunos deixaram escola por risco de desabamento
do prédio (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Todos os dias crianças se reúnem em carteiras de madeira, embaixo de uma cobertura de palha, para estudar sem material escolar.

No fundo da sala, sacos de farinha, arroz e feijão dividem lugar com os alunos.

O quadro usado é precário, na verdade é só o pedaço de um. No salão de festas transformado em sala de aula, os alunos se esforçam para aprender.


Além das salas de aula improvisadas as crianças também têm aula em uma casa que foi cedida pela Associação de Moradores do assentamento. No começo era para ser temporário até que a prefeitura construísse um novo prédio, mas já são três anos funcionando no improviso.

A secretária de educação de Caxias, Lucita Aguiar, disse que a prefeitura do município está fazendo um levantamento das escolas da zona rural que estão com problemas estruturais, para em seguida tomar as providências necessárias. No entanto, nenhum prazo para solucionar o problema foi estipulado.
Fonte: G1 Ma

Postar um comentário

0 Comentários