Presidente do TRE: “É impossível fraudar a urna eletrônica”…

http://minard.com.br/wp-content/uploads/2014/08/frozsobrinho-1.jpg
Froz Sobrinho: segurança na condução do processo eleitoral
Em entrevista ao jornal O EstadoMaranhão, neste fim de semana, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, desembargador Froz Sobrinho, descartou qualquer possibilidade de fraude envolvendo a urna eletrônica.
O desembargador disse que podem até ocorrer manipulações eleitorais, por compra de votos ou com participação de eleitores votando em lugar de outro, mas não por manipulação de resultados da urna.
- É impossível fraudar a urna eletrônica. É um sistema que vai completar 18 anos e não existe nenhuma decisão judicial que comprove que houve fraude nesta ou naquela eleição - disse o presidente do TRE.
df.2
Urna eletrônica: inviolável
Para Froz Sobrinho, qualquer tipo de interferência no resultado eleitoral pode ocorrer com questões externas à urna eletrônica, como um eleitor que vende o seu voto ou vota em lugar de outro.
Mas, segundo ele, isso também vai acabar com a implantação do sistema biométrico em todos os municípios.
- No Maranhão temos apenas 20% do eleitorado dentro do sistema de identificação biométrico, o que impede totalmente este tipo de fraude, de um eleitor votar pelo outro - afirmou Froz Sobrinho.
O presidente do TRE disse ainda que, para evitar que um eleitor ainda venda o seu voto conta com o auxílio da Polícia Federal e da Polícia Civil.
Froz Sobrinho garante que, no próximo domingo, o resultado saído das urnas será exatamente aquele que o eleitor manifestou em todo o Maranhão…
fonte: O ESTADO DO MARANHÃO

Postar um comentário

0 Comentários