MORADIAS - Toim das Casas e Análio Júnior buscam projetos habitacionais para Caxias, São João do Sóter e todo o Estado junto ao ITERMA

Já na véspera de natal no dia 22 de Dezembro, o empresário e construtor Toim das Casas e o jornalista e Ex-Coordenador da Juventude Análio Júnior estiveram em audiência com o atual presidente do ITERMA Jr Verde na sede da instituição em São Luís para tratar de projetos habitacionais em assentamentos oriundos do Estado. Jr Verde teve uma boa participação em políticas públicas no esporte ainda na gestão de Análio Júnior enquanto Coordenador da Juventude de Caxias no governo do prefeito Fábio Gentil em 2018 e agora a frente do ITERMA, deu total autonomia ao jovem jornalista para viabilizar junto à prefeituras a regularização fundiária e elaborar projetos habitacionais no município e região. Ao sentir o reconhecimento e reciprocidade de Jr Verde, Análio Júnior prontamente de forma ocasional tocou no assunto do projeto do já experiente no ramo em 22 anos de construtora, o Toim das Casas, que já construiu ao longo desses anos, mais de 10 mil casas junto ao INCRA, sendo em São João do Sóter em média 800 casas divididas na zona urbana e rural. O presidente do instituto de colonização e terras do maranhão, Junior Verde comemorou um feito essa semana. O ITERMA nos últimos meses outorgou mais de 210 famílias quilombolas diretamente com o título de domínio. Com o documento de posse em mãos às famílias passam a vivenciar um novo momento, que é a esperança de uma vida melhor com mais qualidade e segurança.
o ITERMA atingiu a marca histórica ao realizar a entrega de mais de 1600 Títulos de Domínio de Terras em aproximadamente 150 dias. No Setor Fundiário o ITERMA conta com o diretor Anderson Ferreira e na área de Assentamentos, com o diretor George Aragão. Com todo esse aparato de profissionais, Toim das Casas e Análio Júnior, agora parceiros no projeto habitacional poderão beneficiar milhares de famílias em Caxias, São João do Sóter, Aldeias Altas, Codó, Coelho Neto, Parnarama entre outras cidades já mapeadas pela instituição em todo o Estado do Maranhão.

Postar um comentário

0 Comentários