Tragédia: Professor mata filha de 9 anos com tiro de escopeta na cabeça e comete suicídio

 A primeira linha de investigação é de ocorrência de tiro acidental seguido de suicídio, mas outra motivação também será investigada. 

Uma verdadeira tragédia abalou o município de Russas, no Vale do Jaguaribe.O fato ocorreu nesta segunda-feira, 8, por volta das 21h30, em uma residência localizada no sítio Carvão. 

O professor Raimundo André de Oliveira, 46 anos, matou a filha Rayanna Paschoal de Oliveira, 9 anos, com um tiro de espingarda escopeta calibre 12, na cabeça, e em seguida cometeu suicídio por meio de enforcamento.

O delegado plantonista Vinicius Fixina esteve no local com inspetores, além de policiais militares. 

A escopeta foi apreendida e será periciada.
No momento da tragédia, a esposa de Raimundo André não se encontrava em casa.

Parentes do professor serão ouvidos na Delegacia Regional de Polícia Civil de Russas acerca do fato.
Segundo um policial civil, a primeira linha de investigação é de ocorrência de tiro acidental seguido de suicídio, mas outra motivação também será investigada.

Os corpos do professor Raimundo e da filha Rayanna foram levados para o IML da cidade para serem necropsiados.

Com colaboração de Richard Lopes

Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários