"REVIRAVOLTA" - Prefeito Fábio Gentil através da Secretaria de Educação anuncia início das aulas para 25 de Fevereiro no Ensino Municipal em Caxias

Funcionários da educação e alunos e pais de alunos mostraram satisfação com a notícia. 

A Secretaria Municipal de Educação, Ciências e Tecnologia (SEMECT) anuncia para o próximo dia 25 de fevereiro o início do ano letivo de 2019 em toda a rede municipal de ensino. Além disso, inovações no ensino também são anunciadas com o objetivo de atingir melhores resultados.
A SEMECT, face às demandas do seu dia-a-dia, visando um bom desempenho escolar de seu alunado, novas metodologias de aprendizagens adequadas ao processo de ensino-aprendizagem, bem como o avanço dos índices do IDEB CAXIAS, na perspectiva do Plano Cidade Educadora, vai participar da Consultoria de Sobral (CE), com o Programa Educar pra Valer, a partir de uma seleção realizada pelo Governo do Estado do Maranhão.
Caxias vai implementar um diagnóstico in loco, e, para isso, iniciará o ano letivo dia 25 de fevereiro, em consonância com a Lei de Diretrizes e Bases (LBD) que aborda tanto o direito à educação, como a organização educacional e suas responsabilidades. O PNE, o PME e o CME, que asseguram o processo de avaliação do rendimento escolar, estabelecem competências e diretrizes para nortear uma formação básica comum à educação caxiense.
Já é de conhecimento de todos os educadores, pais e cidadãos que o IDEB foi concebido mediante à necessidade da existência de um índice que fosse aplicado nacionalmente para se estabelecer um padrão de qualidade da educação. Esse índice deve levar em consideração as peculiaridades das diferentes regiões do país.


A SEMECT cita o estudioso Demerval Saviani (2007, p. 1245), quando, em sua compreensão da importância do IDEB, acrescenta que: “é como um recurso técnico de monitoramento da implementação do PDE, ou seja, atua na definição e redefinição das metas, orienta e reorienta as ações programadas e avalia os resultados”.
Com isso, o IDEB Caxias vai passar por uma revisão de metas estabelecidas, replanejamento dos resultados e, consequentemente, da qualidade da educação caxiense. O desafio da educação básica brasileira é relativamente conhecido. Mesmo com avanços nas últimas décadas, crianças e jovens, em grande medida, estão na escola, no entanto, da alfabetização ao ensino médio, poucos aprendem em níveis adequados.
Caxias – cidade educadora – busca decisivamente uma qualidade na educação básica, ainda que esta não resolva todos os desafios de um país fragmentado e desestruturado em sua política e nos aspectos socioeconômicos, sem ela não haverá retomada econômica duradoura e, tampouco, avanços significativos no quadro social atualmente instalado.


O desafio que SEMECT está se propondo, e consequentemente propondo a todos os envolvidos no processo educacional, é de relevada importância, considerando as necessidades das crianças e jovens. Com a consultoria de Sobral (CE), a intensão, além das metodologias e estratégias, é desenvolver no inconsciente coletivo de nossos educadores uma cultura de comprometimento e foco na aprendizagem de nossos alunos.
As experiências de Sobral (CE), que ocupam as primeiras posições no IDEB, servirão de inspiração e também como importantes referências para que se possa compreender as causas do que está por trás do principal desafio educacional brasileiro: alcançar melhores resultados de aprendizagem.

Fonte e Redação: Prefeitura de Caxias

Postar um comentário

1 Comentários