Ex-prefeito Paulo Marinho foi o pioneiro com a implantação do programa em Caxias e obteve resultados relevantes na saúde

Primeiro brasileiro a trazer médicos cubanos para o Brasil o ex prefeito de Caxias, Maranhão, Paulo Marinho defendeu a presença dos médicos cubanos no Brasil. Segundo Paulo Marinho a experiência da cidade de Caxias com os cubanos foi exitosa. Todos os índices de saúde foram apropriados a níveis satisfatórios em sua gestão, um diagnóstico de saúde foi a base para o sucesso dos programas implantados que redundaram em redução dos índices de.mortalidade infantil a quase zero.

Marinho é categórico ao afirmar que a situação financeira dos cubanos a sua época não foi diferente da atual mas encontrou uma solução pagando uma gratificação por fora aos médicos que assim passaram a viver em condições de igualdade com os brasileiros. Outro passo importante segundo Marinho foi negociar com o Conselho de Medicina e fazer com que todos os médicos cubanos fizessem o Revalida de forma a que todos estivessem regular com o CRM além de comprovarem a capacidade técnica para o exercício da medicina.

Marinho explicou que quando trouxe os médicos foi antes a Cuba para escolher os profissionais que estivessem aptos a exercer a medicina daí a razão do sucesso no programa que implantou. "Na época tive a decisiva ajuda do Aldo Rebelo junto ao governo de Cuba" disse Marinho e tive que no início que enfrentar a ira de alguns médicos brasileiros mas logo isso foi contornado pois os cubanos faziam um trabalho com foco na atencao básica o que a época era desconhecido da formação dos médicos brasileiros.

O resultado foi importante para todos os caxienses. Os médicos cubanos trazidos por Paulo Marinho em sua maioria optaram por permanecer no Brasil constituíram família e alguém deles hoje lecionam na Faculdade de Medicina de Caxias, no Maranhão.