Murilo Novaes e Augusto Neto parecem ser bem treinados para abafar as promessas não cumpridas e até adiadas pelo prefeito Fábio Gentil em Caxias-Ma. 


Exatamente no dia 15 de Julho de 2017, os profissionais da empresa Rampa em parceria com a Secretaria Adjunta de Transportes iniciaram o trabalho de interdição de uma das vias da Av. Otávio Passos no Centro de Caxias-MA uma das principais avenidas do coração da cidade, "exatamente no local onde seriam executados os trabalhos da construção do Shopping da Gente, que é o sonho de centenas de camelôs que hoje trabalham nas calçadas e ruas da cidade sob sol e chuva", reconhecem os transtornos que causaram nesses quase 2 anos no trânsito apenas com falácias a turma da Ascom comandada pelo assessor do prefeito Augusto Neto que ajuda Fábio Gentil a "tapar o sol com a peneira" diante dos descasos nesse governo Gentil.

A Ascom de Augusto Neto tem ajudado nas mentiras do "cabeludo" onde postou no site da prefeitura em julho do ano passado quando segundo eles após o início das obras disseram com suas próprias escritas que "Ao longo dos 18 meses, trabalhadores como: carpinteiros, pedreiros, eletricistas, e outros estarão empregados", de acordo com o site oficial do governo.

Fábio Gentil e Augusto Neto mentiram mais ainda quando foi publicado no site oficial que "A previsão é que aproximadamente 1.500 empregos seria, gerados nas cinco obras que foram anunciadas durante os 100 dias de governo do prefeito Fábio Gentil, e que já serão iniciadas na próxima semana referente a Julho de 2017".


Betinho, Professor Chiquinho e Cia - No início de 2017 a equipe de Fábio Gentil acreditava que a obra seria entregue em 2018 mas não foi o que aconteceu. 


Para amenizar a situação o prefeito Fábio Gentil através de seu Secretário de Infraestrutura anunciou na Tv "legalizada" Guanaré que as obras tiveram uma nova remarcação de prazo, pois no início do governo Fábio "Mentil" ao prometer entregar o Shopping da Gente no ano em Setembro de 2018, agora adiou para entregar no final de 2019, já nas vésperas das eleições, podendo até caracterizar como obra eleitoreira caso alguém denuncie.

Enquanto isso o transtorno no centro de Caxias só aumenta e o tão falado "planejamento urbano" que Fábio também prometeu para os logistas em pleno auditório do Sesc antes mesmo de assumir o comando da prefeitura ficou apenas limitado a meras falácias "gentis".

Fonte e Redação: Jornalista Análio Júnior - DRT/MTE: 0001413/MA