A polícia prendeu na quinta-feira (25/10), na cidade de São Luís, um homem identificado como Danilo Cutrim Lima, de 28 anos. Ele é acusado pela polícia de ser o autor dos disparos que provocaram a morte de Jhoniel Rodrigues de 7 anos; e Vitor Gabriel, de 5 anos. O crime aconteceu na noite de segunda-feira (22) em Santa Inês, a 250 km de São Luís.

Danilo estava foragido e foi preso na região do Bacanga, dentro da casa de uma tia. Segundo a polícia, Danilo chegou a raspar a cabeça e a barba para mudar a aparência e pretendia fugir para o Paraguai.

Segundo a Polícia Civil, no último dia 22 um veículo parou em uma rua e dois homens dispararam em direção a Praça Municipal Cantor Evaldo Cardoso, no bairro Vila Adelaide Cabral, em Santa Inês. No momento, várias crianças estavam brincando em um parque que fica localizado na praça.

O tiroteio ocorreu por volta das 21h e as balas atingiram os meninos Jhoniel Rodrigues e Vitor Gabriel. Um adolescente também ficou ferido na mão.



O delegado de Santa Inês, Ederson Martins, informou que os tiros aconteceram por vingança de Leandro Santos Rodrigues contra um homem identificado como Raimundo Warlison de Sousa Felix, de 19 anos. Os dois estão presos.

Em depoimento, Leandro disse que Raimundo teria roubado a casa da avó dele e que contratou uma pessoa para cometer o crime. No entanto, a pessoa contratada errou os disparos e acertou as crianças.

A Polícia também prendeu o irmão de Leandro, conhecido como Alan, que teria comprado as munições para a realização do assassinato.

Meio Norte