O certame terá cinco fases: prova escrita objetiva; prova escrita discursiva, inscrição definitiva; prova oral e avaliação de títulos.

As oito vagas são para o cargo de defensor público de 1ª classe. Uma das vagas é reservada às pessoas com deficiência e duas aos negros e pardos. Não está descartada a convocação de um número maior de aprovados dentro da validade do concurso, que é de dois anos.

Os aprovados serão lotados no interior do estado. A Fundação Carlos Chagas é a organizadora do concurso e o períod de inscrição começa nesta segunda-feira (15) e vai até o dia 5 de novembro. Após se inscrever é preciso pagar a taxa de R$ 229.

As provas serão realizadas na cidade de São Luís e começam no dia 15 de dezembro. A primeira prova, que é objetiva, terá duração de 5 horas.

Clique aqui para ver o edital completo. 

Meio Norte