Resultado de imagem para Mortes no motel: suspeito de matar adolescente com arma de PM é solto

Defesa diz que jovem está "muito bem e muito feliz". Ele é suspeito de ter matado uma adolescente de 15 anos, e seu amigo policial teria se suicidado

    O operador de caixa Vinícius da Silva Oliveira, 19 anos, teve a prisão preventiva revogada e voltou às ruas na última sexta-feira (27). Ele estava preso desde 15 de abril, um dia depois da morte da adolescente Deise da Costa, 15 anos, e do soldado da Polícia Militar Rodrigo Santos Mathias.
    De acordo com as investigações, o jovem é suspeito de ter matado a Deisecom a arma de trabalho do amigo, o soldado Mathias. Em seguida, o PM teria cometido o suicídio.
    A informação sobre a liberdade de Oliveira foi confirmada pelo advogado Marco Antônio Veras, que trabalha na defesa do operador de caixa.
    O jovem deve responder pelo crime em liberdade até ser julgado pelo tribunal do júri. Para a defesa, a revogação da prisão do rapaz demonstra que "começou a se fazer justiça". Segundo Veras, "o juiz entendeu que houve um acidente ali".
    O advogado diz que Oliveira está "muito bem e muito feliz". Veras acredita que não seria correto o jovem ficar preso "por uma besteira, uma falta de maturidade".
    De acordo com a defesa, a liberdade do rapaz demonstra que agora o caso "está se resolvendo da melhor maneira possível".
    Desde que foi solto, Oliveira está com a família e, na próxima quarta-feira, deve voltar ao trabalho, de operador de caixa em uma tabacaria no município de Poá (região metropolitana de São Paulo).
    "Ele vai retomar a vida normal e aguardar o que a Justiça vai determinar para ele, [na expectativa de] cumprir as medidas que foram solicitadas pela defesa", diz o advogado.
    R7