Kim Jong-un anunciou fim dos testes nucleares
Kim Jong-un anunciou que a Coreia do Norte vai parar com testes, visando reuniões que terá com a Coreia do Sul e os EUA nas próximas semanas

A Coreia do Norte anunciou, na noite desta sexta-feira (20), que suspendeu os testes nucleares e os testes com mísseis balísticos de médio alcance e de alcance intercontinental, além de fechar um local de testes nucleares no norte do país. As informações são da agência estatal norte-coreana KCNA.
A decisão teria partido do líder norte-coreano Kim Jong-un. Uma fonte da Coreia do Norte ouvida pela CNN afirmou que o presidente decidiu enfim pela desnuclearização do país.
Mudança de foco
A KCNA divulgou declarações de Kim, afirmando que como o país provou ter condições de fazer armas nucleares completas, "não precisamos mais de testes nucleares, nem de testes para foguetes balísticos de médio alcance e intercontinentais, e o local de testes nucleares no norte do país também cumpriu sua missão".
A fonte ouvida pela CNN também afirmou que o foco do líder norte-coreano será em garantir crescimento econômico e melhorar a situação atual do país, que é tempo de normalizar relações com outros países e que essa é uma oportunidade histórica para ser recebido pela comunidade internacional.
Reuniões de cúpula
Kim e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, irão se encontrar em uma reunião conjunta na próxima semana, que provavelmente irá encerrar o estado de conflito entre os dois países, que dura desde o fim da Guerra da Coreia, em 1953.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com quem Kim vai ter uma reunião de cúpula entre o fim de maio e o início de junho, comentou a notícia em seu perfil no Twitter.
"A Coreia do Norte concordou em suspender todos seus testes nucleares e fechar uma grande áreas de testes. Essa é uma ótima notícia para a Coreia do Norte e para o mundo, um grande progresso! Ansioso para nossa cúpula", escreveu Trump.
R7