Regiane Mendes confessou ser a mãe do recém-nascido encontrado em lixão em Vargem Grande segundo a SSP. 


Recém nascido foi encontrado perto de um lixão na cidade de Vargem Grande e levado até São Luís por uma mulher que queria adotar a criança.


A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou nesta sexta-feira (2) que Riciane Mendes confessou ser a mãe do recém-nascido trazido para São Luís e que havia sido encontrado em uma área perto de um lixão na cidade de Vargem Grande, a 174 Km da capital.

Riciane mendes disse que encontrou o bebê, que depois foi levado para o Hospital Municipal de Vargem Grande e em seguinda encaminhado para o Hospital da Criança de São Luis. Ao dar entrada na capital ele tinha aproximadamente 17 horas de vida.


Riciane largou os compromissos que tinha em um salão de beleza para acompanhar o neném na capital. Ela tem 22 anos, mora com os avós, ainda não tem filhos, e havia dito que queria adotar a criança.

“Não ia deixar ele sozinho, sem ninguém que viesse. Eu estou disposta aqui e capaz até de adotar ele se for possível. É um pensamento positivo, muito bom porque eu salvei uma vida e estou aí para lutar”, contou no dia 27 de fevereiro.

Resultado de imagem para Polícia diz que mulher que fingiu resgate a bebê é a mãe da criança encontrada em lixão no Maranhão

Desde a terça-feira (27) o recém-nascido estava internado no Hospital da Criança, mas apresentava um quadro de insuficiência grave e morreu após uma parada cardiorrespiratória nesta quinta-feira (1º).

De acordo com a SSP, a confirmação da maternidade somente será possível após os resultados dos exames de sangue e DNA, uma vez que não houve registro de nascimento na maternidade de Vargem Grande. A Polícia Civil também disse que aguarda os laudos dos exames realizados pelo Instituto Médico Legal (IML).

G1 Ma