Imagem Ilustrativa. 


Mais um caso de abuso sexual foi registrado em Picos. Desta vez no bairro Ipueiras. O crime aconteceu no final de janeiro e teve como vítima uma adolescente de 12 anos. O Conselho Tutelar foi informado através do Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvis) e acompanha o caso.

O acusado de cometer o abuso é o padrinho da vítima que foi preso na tarde desta terça-feira, 20, em sua residência pela Polícia Civil, após a expedição de um mandado de prisão preventiva. Informações prestadas pelo Conselho Tutelar apontaram que o crime aconteceu na casa do acusado e que a menina está passando por acompanhamento psicológico.
O acusado, que não teve sua identidade revelada, segue preso até a conclusão do inquérito. O caso segue em segredo de justiça.
Dados
Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvis) apontam que na maioria dos casos de abuso registrados em Picos as vítimas são crianças e adolescentes. O órgão, que existe em Picos há mais de seis anos, fica localizado no Hospital Regional Justino Luz e é responsável pelo acolhimento de homens e mulheres vítimas de violência sexual.
Ao dar entrada ao SAMVVIS a vítima recebe atendimento clínico, medicamentoso e psicossocial. O caso também é encaminhado para a rede de enfrentamento que é composta por vários segmentos sociais, como educação, saúde, assistência social, segurança, Conselho Tutelar, entre outros.
Os agressores geralmente são pessoas próximas da família, e na maioria das vezes são parentes ou vizinhos. A família deve estar atenta ao comportamento de crianças e adolescentes, pois quem sofre abuso apresenta mudanças comportamentais.
Fonte: Com informações do Picos 40 graus