A Prefeitura de Caxias por meio da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT) vai conceder até o final do mês de janeiro o abono salarial no valor de R$ 1.000,00 aos professores da Rede Municipal de Ensino.
A garantia da administração municipal foi assegurada pelo prefeito Fábio Gentil, que já havia falado sobre o assunto aos professores no final de dezembro de 2017. Para os educadores o abono é uma forma de reconhecimento ao trabalho realizado, como ressalta a professora Cleide Gerlane, que reside no Bairro Eugênio Coutinho e que já trabalha para o município há 15 anos.
“O abono representa valorização em primeiro lugar, porque você se sente valorizado, motivado para melhorar ainda mais a sua prática profissional e a educação. Eu acredito que o prefeito vai honrar com o compromisso porque ele falou que iria pagar. Então, nós estamos confiantes e damos essa carta de crédito ao prefeito Fábio Gentil, em primeiro lugar a confiança”, disse Cleide Gerlane, professora efetiva da Rede Municipal de Educação.
Caxias é um dos poucos municípios do Estado que está honrando com o pagamento do abono salarial, após já ter concedido ao funcionalismo público o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro, que mais de 70% dos municípios brasileiros não realizaram. O abono aos professores também vai contribuir com o aquecimento do comércio local.  Além de confiar na garantia dada pela administração municipal, os profissionais da educação já estão fazendo planos.
“Esse abono sempre é bom, porque quem é mãe sempre tem no que investir. Antes a gente tinha um abono de surpresa, não sabíamos quanto íamos ganhar. Agora o prefeito anuncia um abono de R$ 1.000,00, então a gente já faz um planejamento pensando no material escolar das crianças e na saúde. Eu acredito que ele vai pagar o abono pela pessoa honesta que eu conheço”, diz Gracileide Coutinho, gestora da Escola Jacira Vila Nova.
“O abono é um dinheiro extra que a gente espera, mas não compromete. A gente utiliza para aquelas despesas que sempre acontecem no início do ano, que é o início do ano letivo dos nossos filhos, cuidados pessoais, alguma reforma na casa. Então para mim é um dinheiro que será bem utilizado. Eu acredito que ele vai pagar porque a própria Prefeitura já divulgou então eu acredito sim”, disse Ana Maria, professora efetiva da Escola Antenor Viana.
A secretária da SEMECT, Ana Célia Damasceno, reforça que a Prefeitura está trabalhando para que os educadores do município de Caxias tenham o devido reconhecimento.
“Antes de mais nada é uma valorização profissional de todos os nossos professores que fazem a educação. Enquanto muitos municípios não conseguiram pagar o mês de dezembro de 2017, o prefeito Fábio Gentil honra a palavra dele, paga o abono para os professores até o final do mês de janeiro. Estamos trabalhando em nome dos professores de Caxias para que os professores se sintam honrados, se sintam valorizados diante de um governo que se preocupa com as pessoas”, ressalta Ana Célia Damasceno, secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT).
Fonte: Ascom Cx