Em Codó, a 290 km de São Luís, um homem identificado como Francisco das Chagas dos Santos Costa, de 37 anos, morreu depois de sofrer uma descarga elétrica. A suspeita é de que ele estaria fazendo uma ligação clandestina.

Segundo o médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Thiago Corrêa, foi ele quem pediu a ajuda de técnicos da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) para a retirada do corpo de Francisco. Ele acrescenta que os danos maiores foram causados na parte interna do corpo da vítima.

“Eu vi uma lesão compatível com queimadura elétrica na mão, mas normalmente as lesões de etiologia por choque elétrico elas esteticamente externamente elas causam pouco dano. O dano maior é o dano interno. Lesam os órgãos internamente”, explicou o médico

As causas ainda estão sendo investigadas, mas tudo leva a crer que a vítima tentava fazer uma ligação não autorizada e acabou tocando em fios de alta tensão.

Causas da morte de Francisco das Chagas dos Santos Costa estão sendo investigadas (Foto: Reprodução/TV Mirante)

G1 Ma