(Foto: Thiago Bastos/O Estado)

Robert Serejo Oliveira, o padrastro da garota Alanna Ludmila – encontrada morta e enterrada no quintal de casa (saiba mais) – já confessou à polícia que é o autor do crime.
Até as 16h30 deste sábado (4) ele ainda estava sendo ouvido por delegados numa sala do Comando Geral da Polícia Militar e já admitiu o assassinato, além do estupro – negando a participação da mãe da criança, Jaciene Pereira.
Os delegados, agora, colhem dele detalhes do fato, como, por exemplo, se ele teve auxílio de alguém.
Até o fim do dia, uma entrevista coletiva deve ser concedida pelas autoridade de Segurança com detalhes do caso.
Negativa
Um vídeo ao que o Blog do Gilberto Léda teve acesso na tarde de hoje mostra o exato momento em que Robert Serejo é retirado da van na qual pretendia deixar São Luís.
Ele chegou a negar que fosse o suspeito procurado pela polícia desde sexta-feira, numa clara tentativa de escapar.
Veja: