enem2016-19: Estudantes aguardam para realizar a prova do ENEM, em São Paulo.
Faltando quatro dias para a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece no próximo domingo (5), 70,39% dos candidatos consultaram o cartão de confirmação da inscrição, que contém o local de prova. Dos 6.731.300 estudantes confirmados, cerca de 30%, ou 2 milhões de pessoas ainda não sabem onde farão as provas.
A informação foi divulgada pela presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Ines Fini, em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (1). O cartão de confirmação pode ser consultado na página do participante, no portal do Enem.

Mudanças no Enem

Atendimento especializado
Os candidatos com deficiência auditiva terão acesso a tradutores especializados na língua brasileira de sinais (libras) e, pela primeira vez, o acesso a vídeos das questões traduzidas e orientações necessárias para realização da prova. As provas destes participantes serão realizadas em salas adaptadas e separadas dos demais, com até seis participantes por sala e dois intérpretes – estes terão como função atender os candidatos em dúvidas que não interfiram nas respostas das questões.
Para os participantes com surdo-cegueira, haverá guia-intérprete, prova ampliada, prova superampliada, prova em braille, tradutor-intérprete de libras, leitura labial, ledor, transcritor e sala de fácil acesso.
Exame em dois domingos
O exame passará a ser aplicado em dois domingos seguidos (em 2017, as provas serão em 5 e 12 de novembro). Além disso, a ordem das provas será alterada: no primeiro domingo, dia 5, serão aplicadas as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, com 5h30 de duração; no segundo domingo, dia 12, serão aplicadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza, com 4h30 de duração.
Certificação
O exame não servirá mais para certificar o ensino médio, função que voltará a ser do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). 
Resultado
O resultado individual da prova será publicado em 19 de janeiro.
Reforço na segurança
Detectores de metal e de ponto eletrônicos, fiscalização de lanches e provas personalizadas são algumas medidas que serão adotadas para garantir a segurança do exame deste ano.
Ao todo, serão utilizados 67 mil detectores de metal durante o Enem, um para cada 100 participantes. O número garante a vistoria dos candidatos na entrada e na saída de todos os banheiros das 13.632 coordenações de local de aplicação.
Novidade neste ano, os detectores de aparelhos de ponto eletrônico de ouvido serão usados de forma experimental em alguns locais de prova. O sistema encontra os aparelhos de transmissão pelo sinal de rede móvel de banda larga, por radiofrequência de wi-fi e bluetooth. Outras medidas já consolidadas nas demais edições do exame serão mantidas, como a coleta da impressão digital dos participantes.
É permitido levar lanches para comer durante as provas, mas os alimentos industrializados, como biscoitos, salgadinhos e iogurte precisam estar com as embalagens lacradas, e todos os itens serão vistoriados antes do ingresso na sala.
Msn