Número de portadores de Aids cresceu nos últimos anos, em Codó. (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Número de portadores de Aids cresceu nos últimos anos, em Codó. (Foto: Reprodução/TV Mirante). 

Em Codó são mais de 400 casos notificados. Em idosos, o número tem aumentado a cada ano.

Em Codó, a 296 Km de São Luís, o número de portadores do vírus HIV aumentou nos últimos anos. Em 2017, 55 novos casos da doença entraram na estatística da cidade, que possui 421 portadores do vírus.
A maior incidência da doença ocorre em pessoas com idade entre 20 e 25 anos, mas casos em idosos acima de 60 anos tem crescido. São 34 idosos com HIV, sendo 9 homens e 25 mulheres portadoras da doença.

Segundo a coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento de Codó, Ilana Monteiro, as mulheres aparecem em maior número por irem ao médico com mais frequência “Elas procuram mais o médico e acabam descobrindo primeiro. Depois que descobrem, elas se preocupam em tomar o acompanhamento certo, tomar a medicação... Elas estão sempre procurando”,
Outra razão para o aumento de casos registrados está na maior procura pelos exames. De acordo com a lavradora Silvana Alves, é bom estar sempre se prevenindo. “Se prevenir, se consultar, é muito bom. Eu não tenho preconceito nenhum. Por exemplo, se der essa doença perigosa é o camarada caçar tratamento. Tem gente que dá os conselhos, como os psicólogos para se consultar. Pra quê receio?”, declara a lavradora.

G1 Ma