De Jesus se matou aos 53 anos de idade
O delegado Zilmar Santana, em entrevista ao jornalista Alberto Barros, na FCFM agora pela manhã, confirmou que Antonio Bezerra de Jesus (nome falso dele), homem que matou duas mulheres (mãe e filha) dia 9 de outubro na rua S. Silva, bairro São Pedro, a golpes de marrêta e facadas, se enforcou na cela onde estava sozinho.
O delegado disse que chegou-se a investigar hipótese de assassinato, mas isso foi descartado inclusive após perícia no local.
“Ele, na verdade, se encontrava sozinho, né, numa cela (…) no caso do DE JESUS, não se trata disso (enforcamento por terceiro), foi realmente confirmado como suicídio. O médico legista também comapareceu ao local, fez a perícia no  corpo e ficou comprovado que se tratava de um suicídio (…) Ele usou o lençol do  colchão da cela”, disse
Antonio Bezerra de Jesus era nome falso dele. Na verdade, ele se chamada ELINALDO PEREIRA GOMES e já era condenado a mais de 20 anos de prisão no Pará por ter estuprado e matado uma menina de 11 anos de idade. Depois de cumprir parte da pena, ganhou o direito ao regime semiaberto e aproveitou para fugir para o Maranhão, onde, desde então, vivia com nome falso.
Blog do Acélio