De acordo com a polícia, suspeito teria arrombado residência onde a companheira morava, jogado álcool e em seguida ateado fogo. Vítima está internada na UTI do Socorrão II em São Luís.

Um homem identificado como Naim da Silva Ribeiro de 25 anos, é suspeito de jogar álcool e atear fogo na sua companheira, na manhã deste domingo (15), na Cidade Operária em São Luís. A vítima de 22 anos teve 40% do corpo queimado e está internada na UTI no Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II).

De acordo com a polícia, o suspeito teria arrombado a porta da residência onde a mulher morava, jogou álcool em seu corpo e em seguida ateou fogo nela. Após cometer o crime, Naim da Silva Ribeiro trancou a porta e fugiu do local. A vítima foi socorrida por vizinhos, que perceberam que o fogo estava tomando altas proporções. Algumas partes do imóvel e móveis ficaram destruídos e o local foi isolado.

Segundo a mãe da vítima, Maria do Rosário, os dois teriam saído juntos na noite de sábado (14), para uma festa e na manhã seguinte, a tentativa de feminicídio aconteceu. “Eles saíram juntos para uma festa no sábado e ela deixou o menino dela lá em casa e eles vieram direto para a casa dela. Eu sai para a feira de manhã e quando vi várias pessoas e uma fumaça na casa. Foi quando eu perguntei e me disseram”, contou abalada.
Ela afirma que a filha foi alertada sobre a conduta de Naim, com quem vive há apenas seis meses. O companheiro estaria ultimamente ameaçando a vítima e seu filho, fruto de outro relacionamento. Após a agressão, uma medida protetiva foi instaurada e ele estava proibido de chegar perto da vítima.
O caso será investigado pela Polícia Civil e a Delegacia da Mulher em São Luís. O agressor está foragido. Uma equipe do Instituto de Criminalística e Medicina Legal (ICRIM) será enviada para realizar uma perícia no local.

Local onde a vítima morava foi isolado após o incidente.  (Foto: Reprodução/TV Mirante)

G1 Ma