ABSURDO! Mulher é morta por ex-marido dentro da viatura da PM após registrar queixa contra ele


Lais Andrade Fonseca, 30 anos, descobriu que Valdeir Ribeiro de Jesus de 34 anos, havia instalado uma câmera que gravava ela tomando banho com a filha pequena.

Uma mulher de 30 anos morreu no último sábado (7) ao ser esfaqueada pelo ex-companheiro dentro de uma viatura da Polícia Militar em Pavão, no Vale do Mucuri, em Minas Gerais. O suspeito de 34  anos não aceitava o fim do relacionamento e acreditava que estava sendo traído.
Laís Andrade Fonseca acionou a PM após perceber que estava sendo monitorada por câmera instalada dentro do banheiro de casa. Ela informou que estava no banho, quando avistou o equipamento ligado a um computador, que estava escondido em cima da laje da casa.
O suspeito foi localizado, revistado pelos militares e nada foi encontrado. Segundo o Tenente Coronel Fábio Marinho, comandante do 19º Batalhão de Teófilo Otoni, a cidade de Pavão não tem Delegacia da Polícia Civil e os dois precisaram ser encaminhados a Teófilo Otoni. Ainda de acordo com o tenente, eles estavam “tranquilos” no banco traseiro da viatura e a vítima havia falado aos policiais que não tinha interesse em denunciar o ex-companheiro.
Ao passarem próximo ao posto de gasolina na BR-116, já no perímetro urbano de Teófilo Otoni, o suspeito sacou uma faca, que estava escondida no tênis, e golpeou a ex-mulher na região do pescoço. Em seguida, ele tentou suicídio, golpeando o próprio pescoço.
Os dois foram socorridos, mas Laís não resistiu e morreu. O suspeito recebeu atendimento médico e foi preso. Ele está no Presídio de Teófilo Otoni e vai responder por homicídio.
Os dois policiais militares, de 31 e 41 anos, que participaram da ocorrência foram presos, mas a Justiça Militar Estadual expediu um alvará de soltura e eles vão responder por homicídio culposo em liberdade.
Ainda de acordo com o Tenente Coronel Fábio Marinho, foi aberto um procedimento administrativo para apurar o caso e os militares foram afastados das atividades por oito dias.

Postar um comentário

0 Comentários