O SAAE continua o trabalho de levar qualidade de vida para os moradores da zona rural de Caxias, uma das prioridades do governo Fábio Gentil. Desta vez a equipe trabalha na ampliação da rede de abastecimento de água do povoado Rosário, localizado no 1º Distrito de Caxias, onde mais 34 famílias vão ser beneficiadas com os novos 1.523m de rede.
O sistema de abastecimento conta com um poço tubular, um reservatório com capacidade de 10.000 L, além de um inversor de frequência que converte a energia monofásica para trifásica e melhora as proteções elétricas, uma inovação do SAAE Caxias, o primeiro do Nordeste a investir nesse tipo de tecnologia para acionamento de bombas submersas de poços.
“O inversor de frequência é uma inovação do setor industrial. Este equipamento aumenta a proteção das bombas, além de gerar uma economia de 30% no consumo de energia”, explica o técnico em eletroeletrônica do SAAE, Ismael Santana.
Essa é mais uma obra do SAAE que vem melhorando a vida de quem mora na zona rural de Caxias. No mês passado, 32 famílias dos povoados Porção e Goiabeira também foram beneficiadas com água potável dentro de casa. Foram instalados mais de 3.000 m de extensão de rede para levar água de qualidade para essas comunidades que sofriam há mais de 10 anos, tendo que buscar água de cacimbão.
“É muito gratificante ajudar a melhorar a vida dessas famílias, que antes precisavam carregar água sem qualidade para o consumo doméstico. Agora elas vão ter água potável dentro de casa. E o trabalho do SAAE não termina aqui, pois a nossa equipe vai fazer o monitoramento semanal da qualidade da água dessa comunidade”, enfatiza o engenheiro Arnaldo de Arruda Oliveira, diretor do SAAE,
Para João Batista, de 64 anos, ter água em casa é muito gratificante.
“Pra gente que mora aqui há mais de 40 anos é só alegria e satisfação com essa obra que vai trazer água pra dentro da nossa casa. A gente já sofreu tanto tendo que pegar água do riacho do Itapecuru e depois de córrego e cacimbão. O que o SAAE está fazendo é muito gratificante”, fala seu João Batista.
Dona Maria José, de 70 anos, esposa de João Batista, é só alegria.
“Agora eu vou poder ter água para fazer as atividades de casa com mais tranquilidade, lavar minhas roupas e limpar a casa, tudo que a gente faz com tanto sacrifício, vai melhorar demais a minha vida”, elogia.
Confira mais fotos: