Incêndio florestal na França: Avião do corpo de bombeiros trabalha para conter o incêndio florestal em Rigaud, ao norte de Nice, no sudeste da França – 03/08/2017


As autoridades francesas detiveram um adolescente de 14 anos por envolvimento em vinte incêndios florestais entre junho e setembro no sudeste da França, perto de Marselha. Segundo o jornal local Le Figaro, o jovem, preso em flagrante na terça-feira, foi acusado nesta quinta e pode pegar 15 anos de prisão. Ele confessou à polícia que foi responsável por vários incêndios e se mostrou, durante a detenção, fascinação pelos bombeiros.
Entre as queimadas provocadas pelo jovem, um particularmente virulento destruiu 240 hectares em agosto. O fogo interrompeu o tráfego ferroviário na região sudeste do país e deixou mais de 3.000 passageiros nas estações da região, além de 4.000 viajantes parados na estrada, até o ponto de terem que dormir em seus veículos.
O desastre começou entre Carnoux-en-Provence e Aubagne no sábado à noite, 19 de agosto. Nenhuma casa foi afetada pelo fogo, que ocorreu em uma área arborizada, mas um centro de férias teve de ser desocupado.
Vários incêndios violentos queimaram milhares de hectares de floresta no sudeste da França durante o verão europeu. Desde 2003 o país não enfrentava uma onda de queimadas como a deste ano. No final de agosto, um homem de cerca de quarenta anos suspeito de provocar 17 incêndios entre 10 e 20 de agosto nos Bocas do Ródano foi acusado e preso.
(com EFE)
Arquivado em:Mundo