As pessoas que estiveram no Sam's Club entre o fim da manhã e início da tarde deste sábado (12) observaram um tumulto entre funcionários e clientes da loja. O motivo foi um um erro na etiqueta de preço de uma Smart TV de 55 polegadas, que estava por R$ 279, quando o valor correto deveria ser R$ 2.999,00. Oito pessoas pegaram o produto antes do preço errado ser retirado da prateleira. O Procon Estadual foi acionado e disse que o estabelecimento é obrigado a vender os aparelhos pelo preço indicado.
Oito pessoas conseguiram levar TV antes da retirada da etiqueta
Na 'oferta', a TV Led do tipo Smart, da marca Samsung, estava por R$ 279,00 à vista, com possibilidade de se dividir o preço em até 10 vezes de R$ 27,90 (com preço total de R$ 279,00) ou em 24 parcelas de R$ 14,93 (com preço final de R$ 358, 32). Com o valor, os consumidores correram para pegar o produto.
"Eu vi quando uma mulher pegou a TV e colocou dentro do carrinho. Então, outras pessoas foram até lá, pegaram a TV e colocaram nos seus carrinhos. Um vendedor viu a situação, desconfiou e observou que o preço estava errado. A mulher havia pego a etiqueta, mas o vendedor tomou da mão dela. Ela já tinha feito a foto. É nosso direito levar", explicou um cliente identificado como Alan.
Preço que estava exposto foi retirado
Segundo o coordenador do Procon Estadual, Cyrus Benavides, é direito dos consumidores que pegaram os produtos da prateleira antes da etiqueta ser retirada pagar pelo preço anunciado. Por isso, fiscais do órgãos foram até o supermercado após o chamado dos clientes.
"Informamos que eles devem vender as TVs às pessoas que pegaram os produtos antes da retirada da etiqueta. Se eles se negarem a vender, aplicaremos a multa, que é altíssima e é de acordo com o faturamento do estabelecimento. Deve superar os R$ 200 mil", disse Cyrus Benavides.
Até as 13h, os clientes ainda estavam no local aguardando a definição do caso. Porém, o Procon confirmou que eles comprarão as TVs pelo preço que estava exposto anteriormente. A reportagem da Tribuna do Norte entrou em contato com o Sam's Club, mas não conseguiu retorno.