O Congresso Nacional aprovou nesta última quinta-feira, dia 13, a LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias para o próximo ano e agora a matéria será encaminhada para a sanção do presidente Michel Temer.
A partir do dia 1º de janeiro de 2018, o valor do salário mínimo será de R$ 979,00. O aumento em relação ao atual salário será de 4,48% ou seja, R$ 42,00. Esta porcentagem seria referente a inflação que a equipe econômica já tinha feito a previsão, de 4,5%.
De acordo com a atual legislação, o salário mínimo, quando for corrigido, conjuga a inflação registrada no ano anterior com a variação do PIB referente a dois anos antes. Em 2016, o PIB - Produto Interno Bruto, registrou uma queda de 3,6%.
A previsão para 2019, que acontecerá com o Brasil tendo um novo presidente, é que o salário mínimo chegue a R$ 1.029,00. Se este valor for confirmado, a alta será de 5,11% ou seja, R$ 50,00.
O trabalhador brasileiro, que não anda satisfeito com as mudanças nas leis trabalhistas, agora reclama também do reajuste no salário mínimo para 2018.