A agência do Banco do Brasil, que funciona na Rua Senador Clodomir Cardoso, na divisa dos bairros Cangalheiro e Volta Redonda, retomou as atividades depois de oito meses fechada em decorrência de um incidente que destruiu parte da estrutura e inutilizou algumas máquinas do autoatendimento. O atendimento negocial que envolve abertura de contas, atualizações de cadastros, dentre outros serviços, começou a funcionar na última segunda-feira (12/06). Os Clientes da cidade e da zona rural festejaram o retorno dos trabalhos:
“Para nós é muito importante, por que a gente vem da zona rural. Só aquela agência do Centro é muito tumultuada, muito lotada. Com a reabertura dessa agência eu creio que vai melhorar pra gente que vem da zona rural para tratar de nossos negócios. E hoje nessa reabertura fomos tratados com carinho, inclusive tivemos até um lanche, foi muito bom”, afirma Carlos Antônio, cliente do Banco do Brasil.
“Facilita porque a gente tá na agência da gente, é melhor para resolver as coisas com mais rapidez. Na outra agência a gente tem essa dificuldade, até porque não cabe as pessoas, é muita gente. Aqui vai ficar muito melhor. Na verdade a cidade precisa de mais agências, não só do Banco do Brasil, mas de outros bancos também”, lembra Maria José, cliente do Banco do Brasil.
O gerente da agência, Leonel Barbosa, não é autorizado pelo Banco do Brasil a gravar entrevista, mas afirmou em nota que, na próxima semana os 10 terminais de atendimento e os três caixas para atendimento ao público vão funcionar normalmente. Em dias normais, a agência da Volta Redonda, como passou a ser chamada, atende aproximadamente entre 300 a 400 pessoas. Ney Jefferson, secretário Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca; João Antônio, secretário de Indústria e Comércio e o vice-prefeito, Paulinho também visitaram as instalações representando o poder público municipal de Caxias-MA.

“Essa reabertura da agência Volta Redonda/Cangalheiro já era esperada pela clientela de Caxias e região dos Cocais. É de grande importância a volta dessa agência para toda a comunidade que estava sentido muito em razão da agência do Centro está muito sufocada devido a demanda que aumentou bastante. Estou hoje visitando a agência que voltou o funcionamento na parte negocial, mas segundo o nosso gerente, voltará a funcionar 100%”, ressalta João Antônio, secretário de Indústria e Comércio.
“Com o Banco do Brasil nós pedíamos, nós cobrávamos a reabertura dessa agência, porque os funcionários públicos da prefeitura, a maior parte, recebe pelo Banco do Brasil e estavam prejudicados. A própria cidade se ressentia de o maior banco não ter outra agência na cidade. Hoje em dia, nós dialogamos com a Caixa pedindo a abertura de mais uma agência porque a agência central está sobrecarregada. Conversamos também com outros bancos para que a cidade possa ter mais serviços, e com isso, um atendimento de melhor qualidade para toda a nossa população”, lembra Paulinho, vice-prefeito.

Ascom Cx