Os hospitais regionais se transformaram num verdadeiro antro de politicagens, haja vista que não cumprem com as finalidades e sequer as exigências da OMS – Organização Mundial de Saúde, ficando, com isso, a margem daquilo que estariam predispostos a levar de fato a saúde ao povo.
Isso sem falar da covardia em fechar os hospitais de 20 leitos em municípios carentes de saúde pública de qualidade.
O hospital Regional de Caxias além de não atender as necessidades e não oferecer as especialidades a que foram destinadas, serve apenas das praticas horrendas de politiqueiros da região, como se fossem donos de unidade hospitalar construída com o dinheiro do contribuinte.
É preciso cobrar maior atenção da Secretaria de Saúde do Estado para as tomadas de providências a falta de procedimentos necessários ao povo e, principalmente, não deixar que um hospital se torne um antro de politicagens!!!
Estamos de olho!!!
Caio Hostilio