Suspeitos foram presos cavando um buraco que dava acesso à residência (Foto: Domingos Ribeiro). 


Cinco bandidos invadiram uma residência no final da tarde de segunda-feira (10), no bairro Calhau, em São Luís, após fazerem um túnel entre um terreno e a casa da vítima. O advogado Carlos Alberto Abas, proprietário da casa invadida, acredita que a ação criminosa tenha sido planejada por pessoas que conhecem o local onde ele mora.

“Eles fizeram um túnel entre o terreno do lado e a minha casa, e saíram exatamente em uma das partes que tem grama. É casa grande e tem um lote que é só grama. Mas eu acho que foi arquitetado. Pessoas que conhecem a minha casa e que sabem onde eles poderiam entrar e sair”, revelou o advogado.

Carlos Alberto diz também que os criminosos ficaram cerca de três horas e meia nas dependências de sua casa e que durante este tempo o caseiro, que toma conta do local, foi feito refém pelos bandidos enquanto eles roubavam os seus pertences.

“Eles entraram por volta das cinco horas da tarde e ficaram até oito e trinta. O caseiro ficou sequestrado durante três horas e meia. Eles levaram televisões, notebooks, muita roupa, e calçados”.

Ainda de acordo com o advogado, os bandidos saíram pela porta de entrada da casa dele e tiveram um veículo como apoio durante a fuga. Ele acrescenta que perseguiu os suspeitos, mas foi contido pelos tiros disparados pelos criminosos.


“Eles abriram o portão e eu já estava parado esperando a polícia. Quando de repente eles viram que alguém estava chegando e saíram carregando muita coisa. Nessa hora entrou um carro atrás deles dando suporte. Eu saí em perseguição aqui na rua e eles deram dois tiros, mas graças a Deus não conseguiram me acertar”, contou Carlos Alberto Aba.

G1 Ma