Vereador ante de ser executado tinha sido empossado na Câmara Municipal. 

Um jovem identificado como Gabriel Vieira Almeida, de apenas 18 anos, foi preso na tarde de terça-feira (28), no município de Imperatriz, a 626 km de São Luís, por ser suspeito de ter executado o Cesar Augusto Miranda (PR), também conhecido como “Cesar da Farmácia”, na cidade de Godofredo Viana, a 860 km da capital, no dia sete de dezembro do ano passado.
Segundo a polícia o suspeito, que estava em Imperatriz desde a última segunda-feira (27), já possui um mandado de prisão.
Gabriel Vieira Almeida está preso na Delegacia Regional de Imperatriz onde ficará a disposição da Justiça.
Entenda o caso
O vereador Cesar Augusto Miranda (PR) foi executado em uma farmácia no município de Godofredo Viana. Ele foi o quinto mais votado, entre os eleitos no município em 2016, com 265 votos.
O crime foi cometido por dois homens que chegaram ao estabelecimento comercial de propriedade da vítima e efetuaram disparos contra César Augusto.
‘Cesar da Farmácia’ foi diplomado na manhã do dia do crime pela juíza Lewman de Moura Silva, da 64ª Zona Eleitoral, durante cerimônia realizada no Salão Paroquial da cidade.
Fonte: G1 Ma