Calçados apreendidos pela polícia (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

A Polícia Civil, através da Delegacia Regional de Caxias, apreendeu nesta sexta-feira (17) 410 pares de tênis supostamente falsos na cidade. Os produtos estavam sendo comercializados na "Feira do Brás", evento itinerante que percorre o Brasil vendendo uma variedade de produtos a preços abaixo do mercado.
Os calçados apresentavam a marca da "Nike". Em contato com o jurídico da empresa, a Polícia Civil foi informada que os produtos não são originais da marca, o que, segundo o delegado regional Jair Paiva, "se percebe ao exame mais detalhado".

A Polícia Civil solicitou o padrão à empresa para subsidiar perícia no Instituto de Criminalista do Maranhão (ICRIM).

O material apreendido foi recolhido para o depósito da delegacia.

Comércio local

Portal Noca procurou o Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) para comentar o fato. O cancelamento da Feira do Brás foi uma solicitação do órgão e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), atendendo pedido do comércio local.
Leia abaixo o posicionamento do presidente do Sindilojas, Ivan Ferreira.

O Sindilojas tem como objetivo defender a classe empresarial de ações predadoras e comércio desleal, como o que estão tentando realizar em nossa cidade.

Entendemos que a população esteja ansiosa para obter produtos com preços baixos, mas antes de tudo viemos a público esclarecer que tais produtos são de origem falsa e não são acompanhados de notas fiscais, gerando prejuízos incalculáveis para a mesma população que os consome.

A apreensão dos produtos da marca Nike só comprova o que o Sindilojas vem alegando.
Cabe agora às autoridades averiguar se os demais produtos tem mesmo origem lícita.
Alertamos ao PROCON e ao Inmetro, para que averiguem a qualidade de tais produtos, já que a feira itinerante não dará oportunidades ao consumidor de reclamar posteriormente.

Fonte e Redação: Portal Noca