Manifestantes protestam contra a PEC da Reforma da Previdência na Ponte do Estrito dos Mosquitos no MA (Foto: Reprodução/TV Mirante)Manifestantes protestam contra a PEC da Reforma da Previdência na Ponte do Estrito dos Mosquitos no MA (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Manifestantes estão se reunindo na manhã desta quarta-feira (8) em diferentes regiões do estado do Maranhão para protestar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Reforma da Previdência.
Nas proximidades da Ponte do Estreito dos Mosquitos, local de entrada e saída da cidade de São Luís,um dos pontos de encontro dos manifestantes, trabalhadores e trabalhadoras rurais começaram a se reunir por volta das cinco horas da manhã e no local chamam a atenção da população para a PEC, que caso seja aprovada no Senado vai obrigar o trabalhador brasileiro a se aposentar com a idade mínima de 65 anos e tendo como tempo de contribuição de 25 anos.
De acordo com os manifestantes, a idade na PEC para quem deseja se aposentar já é considerada muito avançada, o que diminuiria o tempo que o trabalhador teria para gozar dos benefícios da contribuição que fez ao longo da vida e também ao longo do tempo em que trabalhou no país.
No Maranhão, os protestos que contam com o apoio das centrais sindicais estão ocorrendo na Baixada Oriental, no Alto Turi, Pindaré, na Baixada Maranhense, no Médio Sertão, na região Sul do Maranhão, no Baixo Parnaíba, na região Tocantina, na região do Mearim e na região dos Cocais.
G1 Ma