O ex-secretário de cultura de Paço do Lumiar, deixa o cargo em sinal de desrespeito ao povo que o acolheu com carinho, sem falar os reais motivos de sua saída. 




Não causou estranheza o pedido de exoneração de Leo Barata recebido na sexta-feira (10/03), pelo fiasco em tentar relocar cultura de outro Estado para o município de Paço do Lumiar, o fracasso do 'I Corso', desfile de caminhões decorados no carnaval do município, não teve muita simpatia.

Barata que passou pouco mais de 60 dias na pasta da Cultura, esporte lazer, pediu sua exoneração e limitou sua fala em carta enviada ao executivo.

— Agradeço de coração a confiança dada a minha pessoa para conduzir tão importante pasta do município, bem como minha torcida para que tudo possa continuar Dando Certo.

O pedido desligamento de Barata da pasta, mesmo ele não expondo o motivo de sua saída, mas o que ficou foi o fiasco do 'I Corso' no carnaval Luminense, não havendo uma boa recepção pelos luminenses, que já tem uma cultura rica com blocos carnavalesco que fazem grandes arrastões nas ruas do Maiobão.

A administração municipal ainda não se manifestou sobre o desligamento do secretário e nem se há um novo nome para assumir a pasta.                      
Sem dar satisfação à população de Paço do Lumiar, que abraçou suas ideias, como o Corso, por exemplo, num gesto de falta de educação e de respeito, o então secretário de cultura Léo Barata, pediu exoneração.

Em alguns veículos, sob informação do mesmo ou não. Relata-se o motivo da falta de 'autonomia'. Fica claro a inverdade, frente a liberdade que o ex-secretário teve, em implantar cultura que em Paço não era conhecida, como o desfile de caminhões decorados. Se foi informação oficial do próprio Léo, ou não. Ai demonstra inverídica a colocação.

SITES DE CAXIAS

Em sua cidade natal, Caxias, onde o mesmo foi vereador e também secretário de cultura, em veículos de comunicação da cidade, estão diversas publicações onde o mesmo sempre agiu dessa forma, no intuito de pressionar os prefeitos a fazerem exatamente o que, e como ele queria, sem levar em conta o prejuízo que isso causaria aos cofres públicos.

ESPECULAÇÕES

Segundo alguns vendedores ambulantes do Viva-Maiobão. O secretário não estaria gostando do fato de não poder contratar grande bandas para o carnaval de Paço do Lumiar. Pode ser esse o verdadeiro motivo de Barata ficar chateado e pedir pra sair, assim como fez e ameaçou fazer em sua cidade, Caxias.

GUERRAS EM CAXIAS

Léo Barata já chegou a travar verdadeira guerra com o ex-prefeito de Caxias, Leo Coutinho, pelo mesmo motivo, achar-se com falta de 'autonomia'. Então pressionou o prefeito, pois seu suplente (era vereador na época) era da base de Coutinho, sendo assim, se Barata saísse do cargo de secretário, o prefeito seria pressionado por ele e outros politicamente.

Leo Barata surpreendeu a todos, menos os moradores de sua cidade, tendo em vista que já chegou a desrespeitar seguranças de eventos, por ter sua entrada barrada. Lamentável!

REVEJA ALGUMAS MATÉRIAS SOBRE LÉO BARATA

http://www.blogosdoisladosdamoeda.com.br/2015/12/o-outro-lado-da-moeda-leo-barata-e-o.html

http://www.blogdoludwig.com/2014/02/caxias-secretario-leo-barata-entrega-o.html

http://www.blogosdoisladosdamoeda.com.br/2016/05/bomba-e-bomba-vereador-leo-barata-tem.html

http://www.blogdosaba.com.br/2014/06/leo-barata-vence-disputa-com-leo.html

http://www.blogosdoisladosdamoeda.com.br/2015/12/o-outro-lado-da-moeda-leo-barata-e-o.html


Fonte: Paço em Foco