PlayWebTV

Palácio dos Leões prepara megaoperação para prender 30 blogueiros
POLÍTICA

Serão 27 homens e três mulheres. Deflagração será feita em conjunto pela Seic e Gaeco



O governo Flávio Dino, do PCdoB, prepara uma megaoperação para prender exatos 30 blogueiros. Serão 27 homens e três mulheres, tanto da capital como do interior do estado, todos com posicionamento claro de independência ao regime comunista.
A operação será deflagrada em conjunto pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), aproveitando a recente Operação Turing, da Polícia Federal, onde oito blogueiros foram alvo.
O desejo de prender profissionais de imprensa sempre foi trabalhado pelo Palácio dos Leões, porém, devido a falta de provas que pudessem embasar qualquer ação, o propósito nunca foi cumprido.
Contudo, com a proximidade das eleições de 2018, embora tenha sido atabalhoada a recente operação da PF — onde blogueiros encarados como adversários da hegemonia comunista foram o alvo, mas o esquema de corrupção na Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) e o Sistema Difusora de Comunicação foram livrados e canonizados pelo juiz federal Magno Linhares —, o Palácio pretende aproveitar o embalo para tentar desmoralizar quem o critica ou denuncia.
A acusação também será de atrapalho às investigações contra organizações criminosas que sangram os cofres públicos, estadual e municipal. A entrada do Gaeco, por exemplo, seria em razão da revelação feita pelos blogueiros de investigações sigilosas abertas logo após a deflagração da operação contra a Máfia de Anajatuba, envolvendo pelo menos outras 30 prefeituras, grandes empresários, deputados estaduais e deputados federais.
O Gaeco e a Seic pretendem, ainda, saber como os blogueiros faturam com os veículos de comunicação e como alguns deles conseguiram ser lotados em órgãos públicos. Embora profissionais de comunicação ligados ao Palácio dos Leões também trabalhem legalmente com divulgação de ações de políticos e empresários, bem como também revelem investigações que ainda estão sob segredo de Justiça, o foco será apenas naqueles que colocam em risco o projeto de reeleição de Flávio Dino.
Fonte: Atual7

0 comentários