Silêncio de Aureamelia Soares desperta especulações futuras nos bastidores em Caxias. 

Nesta guerra rotineira entre Governo e Oposição, ou melhor dizendo, Coutinhos VS Gentil/Marinhos, surge um momento que poucos amantes da política arriscariam em dar um palpite de como será a conjuntura dos grupos que se formarão mediante 2018/2020.

No meio desse 'toma lá, dá cá', a vereadora Aureamelia permaneceu calada nas sessões, não por não saber falar ou por não dominar um bom diálogo ou embate, mas sim por uma possível estratégia de seu esposo Adelmo Soares que comanda hoje a SAF(Secretaria de Agricultura Familiar do Estado). Secretaria essa que tem recebido milhões, e com o apoio do Governador, Adelmo pode costurar alianças com dezenas de prefeitos no Maranhão como numa espécie de..."me ajuda que lhe ajudo", em troca de apoio em 2018.

Aí o leitor pergunta, "o que tem há ver esses apoios lá fora com o momento dos Soares na Câmara Municipal ?

Bom, se Adelmo está conseguindo força no estado para uma possível candidatura sua à Deputado Estadual ou Federal, seria oportuno Aureamelia ficar "em cima do muro" e fora dos embates no município. Sendo assim, a vereadora não iria desagradar nem o "padrinho" do governador(HC), e muito menos o cabeludo(FG), podendo até facilitar convênios da pasta estadual que o marido comanda para o município de Caxias.

O OUTRO LADO DA MOEDA

É bem verdade que o prefeito Fábio Gentil precise desses convênios e recursos para fortalecer o seu governo. Resta saber se AS dará a FG "com a mão direita, sem que a esquerda veja", pois com o silêncio da vereadora Auremelia Soares, tanto os gentilianos/marinhianos, quanto os coutinhianos poderão se surpreender com o nascimento de um novo "clã" já para 2020 pela disputa da "viúva" caxiense.

É aguarda para conferir...