A foto acima é uma das mais compartilhadas nesta quarta-feira (7) pelos internautas. Ela foi tirada ontem (6) por Diego Padgurschi, da Folhapress, durante a premiação "Brasileiros do Ano", da revista "Istoé", em São Paulo.
O que mais chamou a atenção nela foi o momento de descontração entre o juiz Sérgio Moro, símbolo maior da Lava-Jato, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), citado nas delações da Odebrecht e da OAS, no âmbito da Operação Lava Jato, capitaneada pelo juiz.
Aécio também é investigado por sua atuação na CPI dos Correios e por supostamente ter recebido propina da estatal Furnas, mas ele nega ter cometido irregularidades.
Para alguns internautas, a foto seria uma "prova" de como o juiz tende a poupar políticos do PSDB por ter afinidade ideológica com eles, especialmente Aécio.

O evento repercutiu nas redes sociais, porque escolheu, entre outros, Temer como o "Brasileiro do Ano" e Moro como "Brasileiro do Ano na Justiça". Além deles, prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), levou o prêmio na categoria Gestão e o prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi a Revelação na Política.
No palco, aparecem (em sentido horário) o empresário Abílio Diniz, o jornalista da IstoÉ Carlos José Marques, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas decisões da Operação Lava Jato em primeira instância, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e o presidente Michel Temer (PMDB).

Uol