PlayWebTV

Roseana Sarney se antecipa a Flávio Dino e reúne prefeitos eleitos no MA
POLÍTICA


Peemedebista se reuniu com os 22 prefeitos eleitos e reeleitos pelo partido. Encontro com o governador acontecerá somente no dia 1º de dezembro



A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), principal adversária do governador Flávio Dino (PCdoB) nas eleições de 2018, antecipou-se à reunião marcada pelo comunista há cerca de três semanas, e reuniu-se nesta sexta-feira 18, em São Luís, com os prefeitos eleitos e reeleitos pelo PMDB.
Ao todo, o partido de Roseana saiu vitorioso em pelo menos 22 municípios, inclusive os de grande densidade eleitoral, como Imperatriz e Bacabal.
O encontro promovido pelo chefe do Executivo estadual, por sua vez, ocorrerá somente no próximo dia 30, inicialmente apenas com os prefeitos eleitos e reeleitos das 30 cidades de menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) no Maranhão. Um outro encontro, com todos os 217, com a presença confirmada de Dino, está marcado para o dia 1º de dezembro deste ano.
Roseana Sarney se antecipa a Flávio Dino e reúne prefeitos eleitos no MA
A reunião de Roseana com os prefeitos acontece após o Palácio dos Leões, por meio da Secretaria de Estado da Transparência e Controle, enviar ao Ministério Público do Maranhão relatório que serviu como base para denúncias do promotor da 2ª Vara da Ordem Tributária, Paulo Barbosa Ramos, contra a peemedebista. A estratégia seria tornar a ex-governadora inelegível, e teria sido deflagrada após uma pesquisa de consumo interno sobre a disputa de 2018 mostrar Roseana Sarney com 9 pontos à frente de Flávio Dino.
Contudo, enquanto a Justiça estadual não decide sobre a denúncia, a iminente aprovação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do fim da reeleição, já para 2018, articulada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), tornou Roseana o motivo de todos os pesadelos do governador do Maranhão.
Único com probabilidade de vencê-la nas urnas, o comunista teme que, com a possível impossibilidade de concorrer à reeleição, a entrada de Roseana Sarney na disputa confirme o fim de seu projeto hegemônico. Até agora, o único nome de sua confiança é o prefeito reeleito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que não possui força e nem densidade eleitoral suficientes para vencê-la.

Fonte: Atual 7

0 comentários