PlayWebTV

Seis prefeitos entram na disputa pela Famem
POLÍTICA


Eleição acontece na primeira quinzena de janeiro. Quatro postulantes buscam o apoio de Flávio Dino




Três semanas após as eleições municipais de 2016, já é grande a movimentação de prefeitos eleitos e reeleitos que pleiteiam a eleição para a presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), biênio 2017/18, em substituição ao ainda prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB), que transformou a entidade em terra de cemitério.
Oficialmente, a eleição acontece na primeira quinzena de janeiro. Até agora, pelo menos seis prefeitos já começam a se articular pelos votos dos colegas na busca pelo comando da entidade representativa dos gestores municipais maranhenses.
Estão na briga Fabio Gentil (PRB), de Caxias; Miltinho Aragão (PSB), de São Mateus; Eric Costa (PCdoB), de Barra do Corda; Luciano Leitoa (PSB), de Timon; Cleomar Tema (PSB), de Tuntum; e Djalma Melo (PTB), de Arari.
Dos seis, quatro disputam o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB) para assumir o posto: Miltinho, Eric, Luciano e Cleomar.
Miltinho tem espalhado por onde anda que implementará um ‘pacto pelo Maranhão’, por meio de uma parceria entre o governo estadual e as prefeituras; Eric conta ainda com a simpatia e manobras do vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB); Luciano possui a vantagem de maior aproximação com o governo federal, já que é presidente estadual do PSB; e Cleomar tem a garantia do auxílio de seu irmão, o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, e ainda conta com o forte apoio do ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB).
Já Gentil, que conseguiu a maior vitória dessas eleições no Maranhão após derrotar três máquinas, conta com o apoio do deputado federal Cléber Verde, que foi quem o lançou na disputa.
O prefeito reeleito de Arari, por sua vez, tem conversado com outros gestores e colocado em xeque que seria o único a possuir experiência necessária para o cargo. Nesse sentido, ele tem relembrado que já faz parte da atual diretoria da Federação, onde ocupa o cargo de tesoureiro.

0 comentários