O Maranhão sempre apresentou um recorde negativo quando o assunto é queimadas. Ano passado, o Maranhão mostrou um dos maiores índices em  número de queimadas do Brasil. De Janeiro a Outubro foram registrados 18.809 focos de incêndio. Os dados são do Relatório do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, do ano de 2015.  Os incêndios causam um estrago preocupante tanto na Fauna quando na Flora do Estado. 

Fogo na zona rural de Caxias

Este ano não tem sido diferente, com certeza os números tendem a aumentar visto que não foi feito nenhum programa para proibir as queimadas que geralmente são feitas de forma criminosa, que além do clima seco propicia o alastramento do fogo devido a falta de chuvas. Em Caxias, por exemplo, as queimadas vêm deixando os moradores de vários povoados em estado de alerta. São vários focos que se alastram numa rapidez gigantesca queimando além do mato, casas que ficam próximas às plantações.Foi assim no Povoado Nazaré do Bruno e no povoado Bom Jardim. A marca da destruição é vista de forma catastrófica para quem não tem onde tirar seu sustento, desta forma só resta pedir ajuda aos vizinhos e a moradores mais próximos dos povoados. O que se vê no rosto dos moradores é a dor e a tristeza de terem perdido tudo.














Campanhas

Já começam a realização de campanhas nas redes sociais para ajudarem famílias com doação de roupas,mantimentos, calçados e outras formas de ajuda que amenizem o sofrimentos de muitos moradores do povoado Bom Jardim. Um dos pontos de coletas para quem quer contribuir, é a União Artística Operária Caxiense, através do Movimentos Jovens pela Mudança- MJM / Cel: (99) 3421.0907 ou (99) 98833.3118 ou se preferirem outros pontos logo abaixo:

Pontos de Entregas:

Piscina e Cia em frente a academia Caxiense de Letras;

Lopes Imagens e Produções Rua do Fio;

Rivanara Variedades perto da Igreja de Nazaré.















Fonte: Marcos Monteiro