Com a presença do Secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, foi aberta ontem (14), no auditório Fernando Falcão da Assembléia Legislativa do Maranhão, a Semana Mundial da Alimentação. Também presente esteve o Secretário de Estado Neto Evangelista (Desenvolvimento Social).

O evento tem por objetivo debater e propor medidas de mitigação na agricultura para evitar os impactos que as culturas vêm sofrendo com as mudanças climáticas e que alteram a produção de alimentos no mundo.

Para abordar o assunto foi realizada uma Mesa Redonda, na qual foram ministradas duas palestras com os temas ‘Mudanças Climáticas e suas Conseqüências para Agricultura Familiar’ e ‘Recursos Naturais e Produção de Alimentos no Mundo em Transformação’, tendo como palestrantes as pesquisadoras Marluze Pastor, mestre em agroecologia da Agencia Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp); e Vera Maria Gouveia, da Embrapa/Cocais, respectivamente.

“Estamos alertando sobre a necessidade da adoção de medidas que ajudem a minimizar o impacto das mudanças climáticas no cultivo dos alimentos, para buscarmos alternativas de fortalecimento da agricultura familiar, propondo ações para melhorar essas questões. E isso, o governo do Estado por meio da SAF já vem atuando”, disse Adelmo Soares..

A Embrapa vem estudando o cenário das transformações provocadas pelas mudanças climáticas e de que forma isso vem impactando as culturas agrícolas, pois já há a percepção de uma possível migração de culturas de uma região para outra, em virtude das alterações do clima e de outros fatores biofísicos.

A Semana Mundial da Alimentação prossegue com ampla programação de atividades em alusão à data. Com o tema central ‘O Clima está Mudando; a Alimentação e a Agricultura Também’, as ações serão promovidas pelo Governo do Maranhão, por meio da Sedes, com atividades em pontos estratégicos da cidade, com grande concentração popular. A ação é coordenada em parceria com o Conselho Estadual de Segurança Alimentar (Consea).




Fonte: Capital do Leste