A vida na roça nunca foi fácil e fugir dela nunca foi uma opção para José Oliveira Dias, do município de Araioses, que sempre sonhou em ver sua terra produzir mais. Tendo a agricultura familiar como herança de família, ele utiliza o pequeno rebanho de ovinos como sustento e seu principal trabalho. Maranhenses como José Oliveira Dias agora contam com o apoio do Governo do Estado para produzir. Por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), o Governo está destinando cerca de R$ 5 milhões nas cadeias produtivas de ovinocaprinocultura, aves caipiras, mandioca e caju nos municípios da região do Baixo Parnaíba.


Ao todo, serão beneficiadas 269 famílias com os investimentos que serão realizados pelo Governo do Estado. Um dos beneficiados da cadeia de ovino é o agricultor familiar José Oliveira Dias. “Estou muito feliz, eu e minha família, porque, agora, teremos mais condições de criar nossos animais, garantir nosso sustento e uma renda. Achei que nunca iria ver agricultores familiares serem beneficiados e agora sei que esse governo está valorizando esta classe tão batalhadora”, afirmou.

Cumprindo agenda institucional, o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, visitou alguns municípios do Baixo Parnaíba e anunciou a lista de beneficiários das cadeias produtivas divulgando a chamada pública de outras cadeias em aberto. “Visitamos as cidades de Araioses, Santana do Maranhão, Magalhães de Almeida, São Bernardo, Buriti e Vargem Grande e, em todos eles, o sentimento é um só: o de crescer através da agricultura familiar”, afirmou.

O secretário Adelmo Soares acrescentou que o governador Flávio Dino, desde o início da gestão, deu atenção especial aos maranhenses que trabalham com a agricultura, criando a Secretaria de Agricultura Familiar e priorizando políticas públicas nessa área que trabalham os eixos do conhecimento e da produção. “É isso que estamos levando ao nosso agricultor familiar, a oportunidade de desenvolver o próprio sustento e ainda garantir renda. Nosso agricultor agora tem vez e voz”, explicou.

Com o recurso de cerca de R$ 5 milhões anunciados pelo Governo do Estado, serão realizados investimentos em fomentos para as famílias contempladas, construção de matadouros, aquisição de máquinas, equipamentos e ferramentas, construção e adequação de agroindústrias e inseminações artificiais para aumentar a produção.

Fonte: Ascom/SAF MA