Acabaram as regalias para o Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão (Sindsalem). Na tarde desta quinta-feira (16), a entidade teve que sair da sala que ocupava nas dependências da Assembleia.
O sindicato já havia sido notificado pela Mesa Diretora para deixar o local, que servirá para guardar equipamentos necessários ao funcionamento do plenário.
Além disso, nunca houve autorização para que o sindicato funcionasse em uma sala dentro da sede do poder legislativo. Fato que, vale ressaltar, é, no mínimo, sem sentido.
Com a saída da entidade das dependências da Assembleia, a partir de agora o Sindsalem perde as mordomias e terá que arcar com seus próprios custos.
Segundo informações repassadas ao Blog do Luis Pablo, o sindicato se utilizava de materiais da própria Assembleia e não gastava um centavo. Cafezinhos, água, computadores, impressoras e até o papel utilizado pela entidade era da própria Assembleia.
Caminhão aguardava para levar os pertences da entidade

Fonte e Redação: Blog do Luís Pablo