Em depoimento, suspeita disso que roubou bebê porque
fingiu gravidez ao namorado (Foto:Divulgação/ Polícia Civil)

Suspeita levou bebê da Maternidade Marly Sarney, em São Luís.
Ação rápida da PM conseguiu recuperar criança e prender Mariluze Santos.

Do G1 MA

Mariluze Santos Pinheiro, suspeita de terroubado um bebê com menos de um mês da Maternidade Marly Sarney, no bairro da Cohab, em São Luís, cometeu o crime para tentar manter o relacionamento com o companheiro. A informação foi confirmada ao G1 na tarde desta quinta-feira (2) pela Polícia Civil.

O bebê foi localizado e devolvido à família horas depois de ter sido retirado da maternidade. A suspeita responderá por subtração de incapaz. A pena para este crime é de dois a seis anos de reclusão.

De acordo com a delegada Maria de Jesus, titular da Delegacia de Polícia Civil da Cohab, a suspeita Mariluze teria inventado uma gravidez para o companheiro, que é pedreiro.
“Ela tinha fingido gravidez para o companheiro, na verdade um namorado, inclusive, existe fotografia onde ela está com roupas de grávida. A suspeita inventou toda essa história para o namorado que é bem mais jovem. Ela quis segurar o namorado. Quando ela viu que teria que apresentar um bebê foi até a maternidade e cometeu o crime” disse a delegada em contato com oG1.
O homem, que não teve identidade divulgada, já prestou depoimento, onde disse que a companheira saiu de casa nesta manhã alegando ter entrado em trabalho de parto.
O caso
Mariluze Santos Pinheiro entrou na Maternidade Marly Sarney sob alegação de que iria acompanhar uma paciente, e saiu levando o bebê da mãe, que já tinha recebido alta hospitalar.

Vigilantes fizeram busca aos arredores da maternidade, mas não encontraram a suspeita, que foi localizada por policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) em um shopping próximo à maternidade. Ela estava sem documentos de identificação, mas foi levada para o 6º DP na Cohab.
Fonte: G1 Ma