Deputados solicitam melhorias na segurança das cidades e regiões em que atuam
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), e os deputados Rigo Teles (PV), Alexandre Almeida (PSD) e Paulo Neto (PSDB) estiveram, na manhã desta terça-feira (14), no Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão, para solicitar reforço na área de Segurança Pública nas cidade e regiões em que atuam.
Humberto Coutinho relatou a boa vontade do comandante geral, coronel Pereira, em solucionar os problemas apresentados. “Os deputados estão preocupados com suas cidades e regiões por conta da violência e aqui fomos muito bem atendidos pelo coronel Pereira, que se disponibilizou a atender o que foi solicitado”, explicou.
O deputado Alexandre Almeida pediu mais atenção para o município de Timon que, segundo ele, por ficar próximo à capital do Piauí, tem aumentado os índices de criminalidades. O aumento de viaturas e uma melhoria no orçamento do batalhão seriam as soluções apresentadas pelo parlamentar ao comandante.
Alexandre reivindicou, ainda, a instalação do sistema de videomonitoramento no município. “Uma ferramenta como essa, com certeza, ajudaria no combate à violência, dando agilidade ao trabalho da polícia”, enfatizou.
Já o deputado Rigo Teles solicitou um Posto Militar ou uma Companhia para o bairro Altamira, de Barra do Corda, mais precisamente onde o Governo do Estado está construindo a MA-272, que liga o município à Fernando Falcão. Além disso, Rigo Teles quer também o aumento de viaturas na cidade e região. “Barra do Corda não é uma cidade violenta, mas é preciso prevenir. Então, acho necessário o aumento das viaturas a fim de garantir a segurança da população”, disse.
O coronel Pereira se dispôs a atender as solicitações e afirmou que o Comando está de portas abertas para atender as necessidades da sociedade maranhense em geral. “ Estamos aqui para servir e aquilo que nós pudermos adequar e implementar nós faremos. Até porque quando essas demandas chegam aqui também é uma forma de sabermos como as coisas estão se portando e assim buscarmos as soluções necessárias”.

Fonte: Agência Assembleia