Aristóteles de Oliveira, de 60 anos foi preso nesta terça-feira (24), por policiais da DRPC – Delegacia Regional de Polícia Civil, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela juíza da 5ª Vara, Marcela Santana Lobo. Ele é acusado de estupro de vulnerável. A vítima é sua própria filha, uma menor de 12 anos de idade.

De acordo com os autos do processo, o crime ocorreu no dia 10 de abril deste ano na residência da família. A menor dormia a noite no quarto quando percebeu o próprio pai praticando ato libidinoso.

Atualmente a criança encontra-se na tutela da mãe

Após apresentado na Central de Flagrantes, Aristóteles foi transferido para a Central de Custódia, onde vai aguardar a decisão da justiça sobre o crime de abuso sexual.

iCaxias