Sem transporte, pais e alunos precisam andar longas distâncias (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Problema leva pais e alunos a andarem longas distâncias até escolas.
Pais relatam saída do emprego para garantir educação dos filhos.

Do G1 MA , com informações da TV Mirante

Moradores do bairro Residencial Terra do Sol, em Bacabal, a 240 km de São Luís, têm sofrido com a falta de transporte público no município. A situação piora para os pais de alunos, que precisam andar longas distâncias para garantir a educação dos filhos.
São muitas as reclamações no município. A Valcilene Rodrigues Costa, que trabalha como pescadora, contou que é difícil a situação, pois a escola em que os três filhos estudam fica em um bairro distante. “O meu filho estuda muito longe. Ele tem sete anos e a gente vai de pé. Ele reclama, acha ruim, a bolsa pesa. Eu que tenho que levar a bolsa dos três e ir segurando na mão deles para ir para a escola”, relatou.
A Maria da Conceição, que trabalha como doméstica, é uma das milhares de mães que enfrentam essa triste realidade. Ela também conta que teve que sair do serviço para dar atenção total aos filhos. O bairro foi projetado mais não possui uma escola sequer.
“A gente precisa muito de uma escola aqui na Terra do Sol, porque é muito risco as nossas crianças sair todos os dias para ir para a escola lá. Tem dias que a gente vai deixar, tem dias que eles vão sozinhos. Tem risco de acidentes”, lamentou.
O local onde, segundo os moradores, deveria ser construída a creche está servindo como um pasto para animais. O motorista Carlos Filho explica a situação das crianças e pede para que o Poder Público se mova para resolver a situação na localidade.
“A mulecada aqui usa a avenida principal, andando a pés, arriscando a vida. Pode ser uma moto ou um carro atropelar essas crianças. Então a gente está pedindo para o Poder Público se manifestar para que ele venha resolver este problema”.
O secretário de Educação de Bacabal, Carlos Gusmão, informou que existe um projeto para a construção de uma escola e uma creche no residencial Terra do Sol, mas faltam recursos para a execução das obras.
Fonte: G1 Ma